1° dia do 9° Congresso Norte-Nordeste de Medicina Laboratorial – MEDLAB

O IX Congresso Norte-Nordeste de Medicina Laboratorial (MEDLAB) é um evento promovido pelo Instituto GPI, localizado em Teresina, no Piauí. A cada ano, o evento traz o que há de mais atual e relevante no cenário da saúde e da pesquisa e desenvolvimento científico em todo o mundo.


O primeiro dia de evento, este ano em modalidade virtual, começou logo pela manhã, com a transmissão dos trabalhos aprovados para apresentação oral. A transmissão ocorreu ao vivo pelo Youtube, assim como as demais palestras da programação. Os trabalhos apresentados trouxeram temáticas extremamente atuais, como a importância do diagnóstico molecular em tempos de pandemia, a técnica de CRISPR-Cas9, a utilização de extratos de plantas como agentes antibacterianos, conhecimentos sobre a Hiperplasia Nodular Focal e a relação entre o diabetes e a infecção pelo novo coronavírus. No período da tarde, às 14 horas, iniciaram-se as palestras do evento.


A palestra de abertura, intitulada “Ciência, Pesquisa e Inovação – Diálogo Brasil x Alemanha” contou com a presença de um palestrante internacional, Dr Niclas Witte, juntamente com a pesquisadora piauiense Dra. Maria Adelaide Guimarães, que atuam na Alemanha, em uma empresa farmacêutica de desenvolvimento e produção de princípios ativos. O grande foco do bate papo mediado pelo Dr. Danillo Neiva de Carvalho foi estabelecer um comparativo entre a atuação de profissionais no ramo da pesquisa e inovação no Brasil e no exterior. Discutiu-se bastante acerca das diferenças entre o desenvolvimento de novas tecnologias em cada ambiente, e ressaltou-se a necessidade de mais investimento nestes setores de pesquisa e inovação.


“As políticas públicas no Brasil, para ciência e desenvolvimento científico, ainda precisam melhorar muito”

Dra. Maria Adelaide Guimarães


Também foi abordado o processo de transição entre a atuação no Brasil para a atuação no exterior, e os principais desafios para a adaptação na nova realidade. Ressaltou-se a importância do estudo de línguas estrangeiras, como inglês e alemão, e como elas podem ser uma importante e decisiva ferramenta de networking.

A segunda palestra do dia, ministrada pela Dra. Anna Carolina Toledo da Cunha Pereira, abordou a temática “COVID-19: Momento atual e perspectiva de vacinas”. Na ocasião, abordou-se a caracterização do coronavírus de acordo com a perspectiva das pesquisas mais recentes, abordando também a discussão atual acerca de sua origem, e todas as pesquisas que mostram a presença desse vírus em diferentes regiões do mundo antes da infecção atingir todo o planeta.


“O coronavírus está desafiando a virologia em vários aspectos...Até o momento, a origem do vírus permanece imprecisa. Um mistério.”

Dra. Anna Carolina Toledo da Cunha Pereira


O foco da palestra foram as expectativas quanto às vacinas em desenvolvimento, explorando a importância e os desafios frente à pesquisa deste tipo de tecnologia e discutindo acerca de cada metodologia empregada no desenvolvimento das mesmas. Também foram abordados os critérios necessários para que uma vacina seja considerada eficaz no combate à infecção pelo SARS-COV 2 e as implicações disto nas pesquisas atuais.

A última palestra do dia ficou a cargo do Dr. Paulo Pedro do Nascimento, com o tema “A citologia e seus desafios no pós-pandemia”. Foram abordadas as problemáticas envolvendo as mudanças que ocorreram em todo o mundo com o surgimento do novo coronavírus e o advento da pandemia, assim como a mudança na rotina de profissionais de saúde das mais diversas áreas de atuação, inclusive os citologistas. Abordou-se a epidemiologia do câncer de colo de útero e como o diagnóstico citológico é imprescindível para evitar complicações graves da doença.


“O SUS está sufocado e a tendência é que o SUS fique mais sufocado com a demanda reprimida de exames e atendimentos que estão parados”

Dr. Paulo Pedro do Nascimento


Foram abordados os principais desafios para o serviço de saúde e para a atuação do citologista após o período de pandemia, com a demanda de atendimentos, o aumento de gastos, a necessidade de materiais hospitalares de uso comum e as adequações às novas normas de biossegurança frente à transmissão do novo coronavírus.


O primeiro dia de palestras do IX MEDLAB foi um sucesso, trazendo temas atuais, dinâmicos e que abrangem diferentes segmentos profissionais, de estudantes à pós graduados. Ao final do dia, a transmissão já possuía mais de 800 visualizações, graças às temáticas inspiradoras e ricas em conhecimento.


Escrito por Denilson de Araújo e Silva

Instituto GPI

MENU

Av. Elias João Tajra,

Nº 1717 - Jóquei,

Teresina - PI,

64049-305

© Copyright 2010 - 2020  Instituto GPI Ltda ME