Estética corporal: saiba os benefícios das terapias manuais para o corpo

A estética corporal nada mais é do que o conjunto de tratamentos para melhorar a aparência da pele, combater gordura localizada, flacidez e qualquer incômodo estético que comprometa o corpo do paciente.


Existem diversos tratamentos corporais, alguns simples e outros avançados, por isso é importante passar por profissionais capacitados e realizar uma avaliação. Temos tecnologias modernas para estética corporal, como o Laser, um dos procedimentos mais eficientes.


Por isso, é importante que o paciente esteja bem orientado, compare as tecnologias disponíveis no mercado e a eficiência de cada aparelho no seu incomodo estético. As terapias manuais são técnicas de tratamento corporal e facial onde, o terapeuta utiliza apenas suas mãos, sem auxílio de nenhum equipamento. Esse procedimento é preciso e pode envolver articulações, músculos ou fáscias musculares ou ainda tecido neural durante a sessão, promovendo a melhora da dor.


Atualmente, na área da estética existe uma riqueza de possibilidades em relação a terapias manuais, porém as mais populares e utilizadas com maior frequência são: manobras miofaciais, traços miofaciais, deslocamentos miofaciais, mobilizações articulares, manipulações articulares, mobilizações neurais, dígitopressões, massoterapia e a drenagem linfática.


Ao visitarmos uma aula do módulo de Terapias Manuais em Estética Corporal da nossa Pós-Graduação em Saúde Estética Avançada, conversamos sobre esse tema com a professora Dra. Silvana Kosinski, Biomédica Esteta, Doutoranda em Ciências Biomédicas. Confira a entrevista:

Dra. Silvana Kosinski professora da Pós-Graduação em Saúde Estética do Instituto GPI

COMO TEM SIDO ESSA EXPERIÊNCIA DE MINISTRAR O MÓDULO DE TERAPIAS MANUAIS?


Tem sido um privilégio, realmente. Quando falamos em terapias manuais corporais, são procedimentos que logo após o término do módulo, o aluno já começa a praticar em amigos, parentes etc.


Neste módulo, estamos abordando a drenagem clássica, drenagem pré e pôs operatória, massagem relaxante, ventosaterapia, bambuterapia, massagem modeladora e todos os recursos manuais corporais, cujos o aluno começa a se identificar e até ganhar dinheiro.


A ÁREA DA ESTÉTICA É MUITO AMPLA, SÃO MUITAS OPORTUNIDADES DE ATUAÇÃO.


Sim, a estética corporal por exemplo é um primeiro contato do profissional com o cliente. O toque, a anamnese correta do seu cliente, identificar a queixa principal, como você pode melhorar autoestima do seu cliente. Uma drenagem é estética, mas também é fisiológica, onde trabalhamos o sistema linfático e melhoramos a retenção de líquido, então é uma área vasta de muitas possibilidades e muito gratificante.


DICAS SOBRE A CONDUTA PROFISSIONAL TAMBÉM SÃO MINISTRADAS DURANTE ESSE MÓDULO?


Com certeza. Nas minhas aulas, eu explico desde a parte da anamnese, consulta estética, venda do protocolo e cuidados com o seu cliente. Temos de analisar o psicológico e o físico do cliente. Temos que ter disciplina, atender bem o cliente, estar dispostos a responder dúvidas, às vezes o cliente quer entender mais sobre o protocolo. O profissional deve entender a parte prática, mas também deve fornecer detalhes técnicos e científicos sobre o processo pelo qual o cliente está se submetendo.


PARA TER ESSA APTIDÃO DE RESPONDER SOBRE TUDO E ESTAR BEM PREPARADO SE FAZ NECESSÁRIO MUITO ESTUDO E CAPACITAÇÃO EM CURSOS E ATUALIZAÇÕES EM ESTÉTICA, CERTO?


Totalmente, quem quer trabalhar com estética tem que amar a estética e estar consciente de que precisa sempre estar se especializando pois na especialização o profissional tem o contato inicial com as práticas estéticas, conhecimento desde o início, a semiologia, as disfunções em que podemos atuar e o aluno tem conhecimento específico, prático e também das intercorrências.


QUAL A DICA VOCÊ PODE DAR PARA QUE OS PROFISSIONAIS NUNCA FIQUEM PARA TRÁS?


Estudar sempre. Os profissionais devem estar cientes das intercorrências e as condutas a serem adotadas durante essas intercorrências. Recomenda-se a quem já fez especialização, a realização de cursos livres de aperfeiçoamento. Quem ainda quer entrar na área da estética, seja enfermeiro, farmacêutico, biomédico, etc, é preciso se aprimorar para se ter conhecimento amplo teórico e prático para poder atuar na área com maestria e se destacar no mercado de trabalho. Uma vez que você decide trabalhar no segmento estético deve estar sempre se reciclando, se aprimorando e estudando novas técnicas e tecnologias para melhor atender seus pacientes.


Assista a entrevista na íntegra sobre "Estética corporal: saiba os benefícios das terapias manuais para o corpo" Por Nehemias Lima - Jornalista.