Infecções do Trato Urinário (ITU’s) e fita reagente de urinálises

As Infecções do Trato Urinário (ITU’s) são causas bem comuns da solicitação de exames no setor de urinálises. Por se tratar de um exame de fácil execução, o sumário de urina pode ser realizado rapidamente, e gerar resultados confiáveis através da análise das fitas reagentes, muito utilizadas no setor de uroanálise.



As fitas reagentes são pequenas tiras contendo recortes de papel filtro contendo indicadores químicos. Esses indicadores reagem na presença de determinadas substâncias, células ou microrganismos, provocando uma mudança de cor na fita que pode ser interpretada, de acordo com o analito pesquisado.


Em ITU’s, há uma contaminação e proliferação de bactérias em algum ponto do sistema urinário, podendo ser na uretra, bexiga ou na região dos rins. Essa infecção provoca uma resposta do organismo, que envia células de defesa para a região, causando uma inflamação com consequente formação de pus.


Todo este processo inflamatório e infeccioso é refletido na fita reagente, através

dos analitos a seguir:


  • Leucócitos: A presença de leucócitos na fita reagente indica a presença dos mesmos na urina, logo, um processo de resposta imunológica do organismo contra possíveis bactérias colonizando o trato urinário.


  • Hemácias: A presença de hemácias na urina pode estar relacionada com sangramentos em algum ponto do sistema urinário, decorrente de processos inflamatórios ou lesões.


  • Nitrito: A presença de nitritos na fita indica a existência de enterobactérias redutoras de nitrato, o que pode indicar a provável origem de uma ITU.

Por Denilson de Araújo e Silva

Graduando em Biomedicina pelo Centro Universitário UNINOVAFAPI

Pós-Graduando em Microbiologia Clínica pelo Instituto GPI